Chuva, acidentes e queda de árvores travam o trânsito de Belo Horizonte

Motoristas enfrentaram quilômetros de congestionamentos e lentidão em vários pontos da capital e região metropolitana

Chuva, acidentes, e quedas de árvores, aliadas ao grande número de veículos na volta para casa. Esses são os ingredientes para deixar o trânsito caótico na noite desta quarta-feira em Belo Horizonte. Na Savassi, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, grande parte dos cruzamentos foi fechado por veículos, o que provocou imensos congestionamentos na região. No Anel Rodoviário, um engavetamento travou a pista na altura do Bairro Betânia, na Zona Oeste.

Segundo o site Maplink, às 20h, Belo Horizonte registrava cerca de 124 quilômetros de congestionamento. Até as 20h45, a maioria das ruas e avenidas situadas dentro do ‘cinturão’ da Avenida do Contorno estavam com o trânsito congestionado.

Em vários pontos do Anel Rodoviário o trânsito está praticamente parado. A situação é pior na altura do trevo do Bairro Betânia, onde houve um engavetamento seguido de capotamento. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, viaturas ainda tentam chegar ao local. O acidente aconteceu no sentido Vitória, mas motoristas que seguem nos dois sentidos da via enfrentam muita lentidão.

Motoristas impacientes buzinam e fazem muito barulho pelos principais corredores da cidade. Alguns perderam a paciência e chegam a descer dos carros na Avenida Getúlio Vargas. Ambulâncias têm dificuldades para se locomover em meio ao grande número de veículos, principalmente nos cruzamentos fechados.

Alguns incidentes causados pela chuva complicam ainda mais a situação em várias regiões. Na Avenida Professor Alfredo Balena, no Bairro Santa Efigênia, Região Leste da capital, uma árvore caiu sobre dois carros em frente ao Hospital Pronto-Socorro João XXIII. Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido. A retenção chega até o cruzamento da Afonso Pena com Avenida Brasil. Também há galhos caídos na Rua Antônio Torres, no Bairro Sagrada Família, Região Leste.

Segundo a BHTrans, é preciso redobrar a atenção ao passar pela Avenida Antônio Carlos, onde há um semáforo desligado em frente à estação de transferência Américo Vespúcio. Já no Bairro Horto, na Região Leste da capital, um semáforo em flash confunde os motoristas que passam pelo cruzamento da Avenida Silviano Brandão com a Rua Nanci de Vasconcelos.

Veículos com problemas mecânicos e algumas batidas também atrapalham o trânsito. Na Avenida Raja Gabaglia, um carro com problema mecânico ficou parado na faixa da esquerda, na altura do Hospital Madre Teresa, sentido centro. Na Via Expressa, um acidente provocou lentidão próximo ao Bairro Barro Preto.

Na Região da Pampulha foram registrados pontos de alagamentos e congestionamentos próximo à lagoa e na Avenida José Cândido da Silveira. O trânsito também ficou congestionado na Avenida Cristiano Machado. No trevo do Bairro Belvedere, na Região Centro-Sul, motoristas enfrentaram muita lentidão na chegada e saída para o Rio de Janeiro.

Na avenida do Contorno, sentido Santa Efigênia, uma obra da Copasa complicou ainda mais a situação. O fluxo em uma das pistas precisou ser desviado, já que máquinas da companhia trabalhavam em uma cratera na via. Os reflexos chegaram próximo do cruzamento com a Avenida Getúlio Vargas.

Na BR-356 e na Avenida Nossa Senhora do Carmo, no Bairro Belvedere, há retenção no sentido Centro. O motorista que passa pela Avenida Raja Gabaglia encontra lentidão no sentido Centro. Na Região Central, o trânsito está complicado nos dois sentidos da Praça Sete. No Barro Preto, a situação está complicada nos dois sentidos da Avenida Amazonas, na altura do cruzamento com a Avenida do Contorno.

 

Fonte : http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2015/05/06/interna_gerais,644819/volta-para-casa-e-caotica-em-bh-por-causa-de-acidentes-quedas-de-arvo.shtml

 

 

bhacidentes

Marcos Vinicius Trindade

Deixe seu comentário

Assinatura

Publicidade

Enquete

Gostando do site?

View Results

Loading ... Loading ...

Sobre nós:

Editora Jornal Cidades LTDA/ME é uma micro empresa que edita o Jornal Cidades (JC) há 15 anos no mercado. O Cidades é um jornal periódico decenário com ampla circulação nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Contagem ( circulação restrita ainda) Igarapé, São Joaquim de Bicas, Jaboticatubas e São José do Almeida, todas na RMBH. Possuí equipe de reportagem, colunistas sociais, e colunismo político. Professa quando se faz necessário jornalismo investigativo e tem como pilar mestre defesa do meio ambiente, da vida, da fauna e flora. Seu fundador é o Diretor Marco Tulio Chiabi C. e Silva e o atual presidente do Jornal Cidades é Leonardo Chiabi.